sexta-feira, 1 de janeiro de 2010

FHC/Serra deu R$ 11,7 bilhões de presente à Daniel Dantas, espanhóis e companhia, para privatizar as Teles

FHC/Serra deu R$ 11,7 bilhões de presente à Daniel Dantas, espanhóis e companhia, para privatizar as Teles

Em primeira mão no Blog "Os Amigos do Presidente Lula" em 30/12/2009 01:300hs



Você não leu errado o título, e não é nenhuma piada: instigado pelo estudo do site "Contas Abertas" onde afirma que "FHC investiu R$ 22 bilhões a mais que Lula, mostra estudo"... este blog resolveu fazer um levantamento dos investimentos nas estatais de telefonia no primeiro mandato do governo demo-tucano, e demonstramos que o governo de FHC e José Serra realmente gastou, preparando a venda, quase R$ 12 bilhões a mais do que o valor arrecadado na privatização.

Quando o governo FHC assumiu em 1995, colocou José Serra (PSDB/SP) como ministro do Planejamento e resolveram planejar a privatização do sistema Telebras.

Para isso criou um "Programa de Recuperação e Ampliação do Sistema de Telecomunicações" — PASTE, tocado pelo então ministro Sérgio Motta (o "Serjão").

Esse programa investiu R$ 23,8 bilhões (sem correção) para "recuperar e ampliar" a Telebras, nos primeiros 3 anos e meio do governo demo-tucano.

Em 1997, Serjão falava que
arrecadaria R$ 100 bilhões com a privatização das teles.

Um ano depois, em julho de 1998, o governo FHC/Serra
vendia o sistema Telebras por R$ 22 bilhões, menos do que os R$ 23,8 bilhões investidos.

Corrigindo em valores do dinheiro de hoje, pelo
IGP-DI (mesmo índice usado pelo site "Contas Abertas"), gastou R$ 70,8 bilhões em investimento, para vender por R$ 59,1 bilhões.

Um prejuízo para o povo brasileiro de R$ 11,7 bilhões, em dinheiro de hoje, e um presentão para quem comprou: Daniel Dantas, Carlos Jereissati, os espanhóis da Telefonica, portugueses, canadenses,
estadunidenses da Worldcom que vieram a ser presos por fraude (nos EUA) e outros.

Os compradores arremataram as empresas com equipamentos novos (centrais digitais trocadas), redes nacionais e urbanas renovadas, inclusive cabos submarinos, linhas fixas ampliadas em torno de 7 milhões de terminais, e celulares acima de 4 milhões, desde 1995, pagando, pelo controle das empresas, um valor abaixo do preço de custo para construir a infra-estrutura comprada.

Aliás a Telebras já não precisava ser vendida naquele momento. Até porque não havia mais monopólio e as empresas privadas podiam competir com a Telebras. Com a infra-estrutura recuperada, e com as próprias tarifas reajustadas, a Telebras era lucrativa e tinha capacidade própria para investir. Conseguiria resolver o problema de acabar com a fila de telefones, o mercado paralelo, oferecer banda larga, com qualidade e preço melhores do que as teles privadas oferecem, se tivesse uma diretoria técnica e comprometida com o interesse público, como tem a Petrobras atualmente.

Este caso foi como se uma pessoa herdasse uma casa precisando de reforma, fizesse uma obra de R$ 71 mil, e vendesse a casa reformada por R$ 59 mil.

Em tempo:
1) Os dados deste levantamento são de fonte oficial: a
Mensagem ao Congresso Nacional 1998 do próprio FHC, quando ocupava a presidência.

2) O site "Contas Abertas" não explica como o governo FHC teria investido R$ 22 bilhões a mais do que o governo Lula, uma vez que FHC produziu o apagão elétrico por falta de investimentos, não ampliou Universidades, não construiu uma escola técnica sequer, não ampliou a rede de saúde federal, sucateou a Polícia Federal nem as Forças Armadas, deixou estradas esburacadas, sucateou os serviços públicos e as empresas estatais.
Talvez os R$ 70,8 bilhões investidos nas teles para vender por R$ 59,1 bilhões, e depois dar sumiço no dinheiro arrecadado com as privatizações, explique. Talvez os rombos bilionários da SUDAM, SUDENE e DNER, extintos no fim do governo demo-tucano por excesso de corrupção, também explique.

5 comentários:

O anonimo numero "1" 2 de janeiro de 2010 19:25  

Imaginem que negocio! Os estadunidenses da mci compraram a embratel´por 2 bilhoes e 650 milhoes, em 1998. Sabem por quanto venderam pra o C. slim ?
apenas 400 milhoes.
Imginem quanto levaram desta empresa, pois do contrario como explicariam o negocio para os acionistas da matriz.
Saquearam a empresa, no minimo. E o governo do intelectual, deixou que tudo isso acontecesse, sem nenhuma fiscalização. Depois queriam que o País fosse pra frente. O pib sempre encolhendo e o serra junto com a turma de Harvard tentando explicações. Até chegarmos ao presente dos Deuses ao Brasil nos seus 503 anos. Aí o Brasil tomou outro rumo. ...

Magno 3 de janeiro de 2010 19:38  

valew anônimo n° 1 belíssimo comentário, feliz ano novo,

Anonimo numero "1" 3 de janeiro de 2010 20:01  

Tem mais, por volta de 1999 e 2000 vi na imprensa que a Embratel contratou um seguro para os seus predios que restaram, (muitos imoveis ventidos) e os mesmo foram avaliados em 3 bilhoes e 700 milhoes de dolares, para efeito de seguro, Normalmente, avaliados por baixo. Que negocio? Lesa patria mesmo. Fhc, Serra, malan(dros), mendonção, Motta( que o diabo, já levou e que o tenha) nao poderiam estar soltos e impunes.

anonimo numero "1" 3 de janeiro de 2010 20:14  

Continuando o Anonimo numero "1" Segue: vejam no que deu. Defendeu as privatizações, alias promoveu-as, fez lobie, nem sei se não é socio, junto com o daniel dantas, de alguma operadora, nao teve compostura, esbanjou-se, sem nenhum controle e ficou assim,click: http://cloacanews.blogspot.com/2009/12/dieta-do-panetone.html
copiado de sitios internet.

anonimo numero "1" 3 de janeiro de 2010 20:15  

Continuando o Anonimo numero "1" Segue: vejam no que deu. Defendeu as privatizações, alias promoveu-as, fez lobie, nem sei se não é socio, junto com o daniel dantas, de alguma operadora, nao teve compostura, esbanjou-se, sem nenhum controle e ficou assim,click: http://cloacanews.blogspot.com/2009/12/dieta-do-panetone.html
copiado de sitios internet.

Blog do Zé Dirceu

Blog os amigos de presidente Lula

  © Blogger template 'Perfection' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP