quinta-feira, 10 de julho de 2008

Gilmar Mendes não agüentou a pressão.Depois das doze badaladas noturnas, todo gato é pardo.



Ministro Gilmar Mendes concedeu na calada da noite habeas corpus pedido pela defesa do banqueiro Daniel Dantas.Decisão que beneficiará alem de Verônica Dantas, irmã de Daniel, que também estava presa, mais 09 nove funcionários do banco Opportunity presa na Operação Satiagraha da PF

O banqueiro Daniel Dantas deixou a carceragem da Polícia Federal (PF), em São Paulo, às 5h35 desta quinta-feira (10). Ele e a irmã, Verônica, saíram sem falar com os repórteres.
Dantas, a irmã e outros nove acusados foram favorecidos por um habeas corpus concedido pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Gilmar Mendes, no final da noite desta quarta-feira (9). Todos tinham prisão decretada durante a Operação Satiagraha da PF, que investiga desvio de verbas públicas e crimes financeiros. Dois deles não foram encontrados. Os demais deixaram a carceragem da PF nesta madrugada.

Para o ministro Gilmar Mendes, não há “fundamentos suficientes” para justificar a prisão temporária, pode?
Depois de receber as informações da Justiça Federal de São Paulo, Gilmar apoiou que a coleta de provas já foi cumprida e que não há hipótese legal para a sustentação da prisão para interrogatório. “Não há fundamentos suficientes que justifiquem o decreto de prisão temporária dos pacientes, seja por ser desnecessário o encarceramento para imediato interrogatório, seja por nada justificar a providência para fins de confronto com provas colhidas”, disse Gilmar Mendes.

Por Magno ptpetrolina.

1 comentários:

Luana 10 de julho de 2008 12:23  

É assim mesmo, se fosse um ladrão de galinha, o presidente Gilmar não passaria a mão na cabeça dele.
todavia isso aos poucos está mudando no Brasil, graças ao Lula.

Blog do Zé Dirceu

Blog os amigos de presidente Lula

  © Blogger template 'Perfection' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP