sexta-feira, 31 de julho de 2009

HOJE NA MÍDIA DA ELITE 31/07/09



Crise no senado

'Não é problema meu, não votei no Sarney, diz Lula

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva mudou o tom do discurso sobre a crise que envolve o presidente do Senado, José Sarney (PMDB). "Não é problema meu. Não votei no Sarney para ser presidente do Senado nem votei para ele ser senador no Maranhão", afirmou Lula, em entrevista na Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo). O senador foi eleito pelo Amapá. Leia +




Política

PMDB retaliará Virgílio com até quatro representações

PMDB retaliará Virgílio com até quatro representações

Em meio à guerra que se anuncia no Conselho de Ética, líder do PSDB no Senado estuda uma nova denúncia, agora contra Renan Calheiros

A guerra deflagrada entre o PSDB e o PMDB na apresentação de representações no Conselho de Ética do Senado não vai terminar tão cedo. A presidente em exercício do PMDB, deputada Íris Araújo (GO), e o líder do partido no Senado, Renan Calheiros (AL), anunciaram ontem formalmente que vão entrar com representação contra o líder do PSDB, Arthur Virgílio (AM), no início da próxima semana. A ideia é protocolar de três a quatro ações por falta de decoro parlamentar.

Por sua vez, Virgílio estuda encaminhar nova denúncia, desta vez contra Renan. Ele avalia que o líder peemedebista feriu o decoro ao ameaçar denunciá-lo ao conselho, caso o PSDB insistisse em pressionar pela saída de José Sarney (PMDB-AP) da presidência do Senado. "Não podemos esquecer que ele ia ser cassado por corrupção e depois ficou no plenário implorando por votos para se salvar", disse ontem Virgílio
.
Leia +




Economia

Desemprego na zona do euro é o maior em 10 anos

Desemprego na zona do euro é o maior em 10 anos

O desemprego na zona do euro atingiu 9,4% em junho, o maior nível em 10 anos, embora abaixo do esperado por analistas, enquanto os preços ao consumidor registraram deflação em julho acima das expectativas, mostraram dados nesta sexta-feira.

A taxa de desemprego nos 16 países que compõem a zona do euro subiu ante maio, que teve o seu resultado revisado para uma taxa de 9,3%, com 158 mil pessoas sendo demitidas, informou a agência oficial de estatísticas da União Européia, a Eurostat.

Diante da leitura preliminar de maio de uma taxa de desemprego de 9,5%, economistas esperavam uma leitura de 9,7% em junho. Mesmo ficando abaixo do previsto, o dado apurado em junho é o maior desde junho de 1999.

Em separado, a Eurostat divulgou que os preços ao consumidor na zona do euro caíram 0,6% na base anual em julho, o segundo mês consecutivo de variação negativa desde a criação da região em 1999. Em junho, houve queda de 0,1%. Analistas esperavam uma deflação de 0,4% em julho.
Leia +




Sujeira

Pedestres e motoristas jogam, por dia, 260 toneladas de lixo nas ruas da cidade

Terça-feira, 14h: o gari Alexandre Ferreira da Silva, de 31 anos, varre a Rua São José, no Centro, cumprindo uma rotina que, em dias de muito serviço, exige até quatro faxinas. Nem bem Alexandre deixa o local, uma senhora termina de comer um salgado e joga o guardanapo no chão. Um rapaz engravatado esvazia um pacote de biscoitos e atira a embalagem no solo. Outro homem despeja um copinho de café no canteiro de uma árvore. E um executivo joga um papelzinho aos pés de outra planta. Ao serem flagrados, todos fazem cara de poucos amigos. Em 15 minutos, parece que o lugar conhecido como Buraco do Lume - onde há pelo menos três lixeiras - não é limpo há tempos.



Leia aqui todas as reportagens da série Ilegal. Eu?

- Muita gente não tem consciência. A lixeira está perto, mas as pessoas jogam o lixo no chão. Somos 15 garis para percorrer toda a área do Castelo até a Avenida Beira Mar. Já morei cinco anos em São José dos Campos (SP) e lá não se vê lixo no chão. Aqui, o nosso trabalho não é reconhecido, nem respeitado - reclama Alexandre, enquanto se prepara para deixar o serviço. Ele será rendido por um colega, que varrerá a mesma rua do final da tarde à noite
.
Leia +




Saúde

José Alencar pode ter alta no sábado

José Alencar O vice-presidente da República, José Alencar, pode ter alta do Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, no próximo sábado. Segundo o chefe de gabinete de Alencar, Adriano Silva, o vice-presidente também tem uma viagem programada para os Estados Unidos na próxima semana, onde retomará o tratamento experimental contra o câncer em Houston, no Texas. Alencar se recupera de uma cirurgia para tratamento de obstrução do intestino grosso, decorrente de nódulos tumorais. De acordo com o último boletim médico, o quadro de Alencar “evolui bem, mas o trânsito intestinal ainda não foi restabelecido totalmente”. O vice-presidente luta contra um câncer na região abdominal desde 1997 e já foi operado 15 vezes. Leia +




gripe suína

GDF cria força-tarefa mas escolas terão aula

A Secretaria de Saúde mobilizou toda a rede pública para ampliar a prevenção e o tratamento contra a gripe suína. A estratégia baseia-se em estimativas sobre o número de brasilienses que poderão ter contato com o vírus H1N1. Em hospitais particulares como o Santa Luzia (foto), é grande a quantidade de pacientes com máscara à espera de atendimento. Quem apresentar sintoma da doença pode pegar atestado de sete dias. Apesar do cenário preocupante, o governo manteve o início do semestre letivo nas escolas públicas para segunda-feira. Leia +

1 comentários:

Anônimo 31 de julho de 2009 20:34  

Atenção! Por favor repassem:

Salve-se quem puder: vem aí o
Codex Alimentarius da ONU/FAO/OMS:


A partir de 01 de Janeiro de 2010 entra em vigor o polêmico Codex Alimentarius. Você não sabe exatamente o que é isso? Pois é o que eles querem!

Quem controla a comida, controla o mundo!

Traduzido em miúdos, o Codex vai trazer severas restrições à nossa já precária LIBERDADE de escolha em termos de alimentação e prevenção/tratamento de doenças. Sem falar que considerações mais complexas podem ser feitas sobre o impacto dessas medidas no controle populational do planeta e na concentração de riquezas...

Os opositores do Codex fizeram uma síntese do que representará essa complexa rede de regulamentações, que, quando implementadas, serão MANDATÓRIAS para todos os países membros, cerca de 170 - o que inclui o Brasil:


- Suplementos nutricionais, como vitaminas, por exemplo, não poderão mais ser vendidos para uso profilático ou curativo de doenças; potências de qualquer suplemento liberado, estarão limitadas a dosagens extremamente baixas, sub-dosagens, na verdade, e somente as empresas farmacêuticas terão autorização para produzir e vender esses produtos (preferencialmente na sua forma sintética) em potências mais altas - no caso da vitamina C, por exemplo, qualquer coisa acima de 200mg será considerada "alta", e será necessária uma receita médica para se poder comprá-la.

- Alimentos comuns, como o alho ou o hortelã, por exemplo, poderão ser classificados como drogas, que somente as empresas farmacêuticas poderão regulamentar e vender. Qualquer alimento ou bebida com qualquer possível efeito terapêutico poderá ser considerado uma droga.

- Alimentos geneticamente modificados não precisarão ser identificados como tal, e não saberemos a origem do que estamos comendo; a criação de animais geneticamente modificados também já consta dessa mesma pauta, ou seja, vai ser difícil saber que bicho se está comendo.

- Aditivos alimentares, a maioria sintéticos, como o aspartame, por exemplo, serão aprovados para consumo sem que se tenha conhecimento dos efeitos a longo prazo de cada um nem das interações entre eles a curto e longo prazos.

- Todos os animais destinados ao consumo humano, deverão receber hormônios e antibióticos como medida profilática; sabe aquele "gado orgânico", criado solto em pastagens e tratado só com homeopatia?... nunca mais!

- Todos os alimentos de origem vegetal deverão ser irradiados antes de serem liberados para consumo: frutas, verduras, legumes, nozes... nada mais chegará à nossa mesa como a natureza fez - tem gente brincando de Deus, mas desta vez não para criar, e sim para DEScriar.

- Os produtos "orgânicos" estarão completamente descaracterizados, pois terão seu padrão de pureza reduzido a níveis passíveis de atender às necessidades de produção em grande escala; alguns aditivos químicos e várias formas de processamento serão permitidos; tampouco haverá obrigatoriedade por parte do produtor de informar que produtos usou e em que quantidades - rótulos não serão obrigatórios na era pós-Codex.

- Para a agricultura convencional, os níveis residuais aceitáveis de pesticidas e herbicidas estarão liberados em níveis que ultrapassam em muito os atuais limites de segurança! Em outras palavras, estarão envenenando nossa comida.

Em síntese: os objetivos do Codex incluem (1) globalização das normas, (2) abolição da agricultura/criação orgânica, (3) introdução de alimentos geneticamente modificados, (4) remoção da necessidade de rótulos explicativos de qualquer espécie, (5) restrição de todos os remédios naturais, que serão classificados como drogas.


Exagero? Quem sabe? - já teve gente presa na França por vender 500mg de vitamina C... é que lá essa potência já é considerada "remédio", e não pode ser vendida sem receita médica.

Medicina alernativa, tibetana, ayurveda, homeopatia, essencias florais... só se a turma do Codex disser que pode.



http://www.anovaordemmundial.com/2009/07/codex-alimentarius-nutricidio-planejado.html

Blog do Zé Dirceu

Blog os amigos de presidente Lula

  © Blogger template 'Perfection' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP