segunda-feira, 23 de junho de 2008

HOJE NA MÍDIA GOLPISTA.



◊ FOLHA DE SÃO PAULO-->

PREFEITURA DE SÃO PAULO
PSDB lança Alckmin em convenção esvaziada
Ao lado do governador José Serra (PSDB), mas sem a presença de 10 dos 12 vereadores do PSDB paulistano, o médico Geraldo Alckmin, 55, foi oficializado ontem, em convenção realizada na Assembléia Legislativa do Estado, candidato tucano a prefeito de São Paulo.Será a segunda vez que ele concorrerá ao cargo, hoje ocupado por Gilberto Kassab (DEM), que tentará a reeleição e era vice de Serra até 2006, quando o titular do Palácio dos Bandeirantes deixou a prefeitura para disputar o governo.O acordo que permitiu a Alckmin ser apresentado como candidato único na convenção foi fechado na noite de anteontem, após intervenção de Serra.
Leia mais>>


◊ ESTADÃO-->

GRAÇAS A JOSÉ SERRA
Serra promove acordo e PSDB confirma Alckmin
Depois de quase seis meses de guerra no tucanato paulista, o ex-governador Geraldo Alckmin foi sacramentado como candidato do PSDB à Prefeitura de São Paulo, com 89,9% dos votos da convenção do partido, realizada ontem. A indicação - com uma margem tão grande de votos - só foi possível após a intervenção do governador José Serra, que demoveu o grupo de vereadores e tucanos com cargos na prefeitura da idéia de levar à convenção o nome do prefeito Gilberto Kassab para disputar com Alckmin a preferência do partido. Com essa articulação, o governador teria saído mais fortalecido em sua caminhada rumo à campanha presidencial, em 2010.
Leia mais>>


◊ JB ONLINE-->

CONGRESSO
Deputados querem votação urgente da reforma tributária
Cientes de que poderão fracassar na tentativa de aprovar a reforma tributária ainda neste ano, deputados e senadores tentam estabelecer um calendário que garanta a votação do projeto em 2008 e a sua implementação em 2009 – ano considerado "neutro" por não ser atrapalhado por eleições. A tarefa, entretanto, será de árdua execução. Além de dificuldades na obtenção de quorum, a tentativa da ala governista de criar a Contribuição Social para a Saúde (CSS) embaraça o debate. Os aliados do governo no Congresso pretendem instituir o tributo depois das eleições.– A aprovação da reforma tributária é uma prioridade do governo e da Câmara. Temos a obrigação de cumprir isso em 2008. Há espaço, vontade e necessidade – lembra o vice-líder do governo na Casa, deputado Beto Albuquerque (PSB-RS). – A CSS é um tema que cria certa perturbação, mas isso só está em pauta por que a oposição antecipou a aprovação da emenda constitucional 29, que aumenta os investimentos na saúde.
Leia mais>>


◊ O GLOBO-->

REFORÇO DA PM
PM começa a substituir exército na Providência
À medida que o Exército se retira do Morro da Providência - onde, há nove dias, militares seqüestraram três jovens e os entregaram a bandidos do rival Morro da Mineira, o que culminou na morte deles -, a Polícia Militar aumenta o efetivo na favela. Aos homens do Comando de Policiamento em Áreas Especiais (Cpae) que já faziam patrulhamento na região somaram-se mais policiais, antes lotados na Vila Cruzeiro ou em outras favelas. Nos acessos à comunidade, o policiamento foi reforçado pelo Batalhão de Choque, principalmente da Ronda Ostensiva Nazareth Cerqueira (Ronac).
Leia mais>>


◊ CLAUDIO HUMBERTO-->

PARTE EXPRESSIVA
CNA bancou campanha de Kátia Abreu
A Confederação Nacional da Agricultura bancou parte expressiva dos custos da campanha eleitoral da senadora Kátia Abreu (DEM-GO), ao pagar R$ 650 mil em duas parcelas a seu marqueteiro, por meio da agência de propaganda Talento. A revelação é da revista Veja desta semana. Kátia Abreu é agora candidadata à presidência da entidade. Com orçamento de R$ 180 milhões, a CNA é mantida com o financiamento compulsório dos cerca de 1,7 milhão de produtores rurais brasileiros.
Leia mais>>


◊ Correio Braziliense-->

ELEIÇÕES MUNICIPAIS
PT fará a festa no interior
Quatro anos depois de perder a Prefeitura de São Paulo, a mais importante do país, o PT está confiante de que terá um desempenho eleitoral superior ao de 2004, quando elegeu cerca de 400 prefeitos, mas colheu um resultado aquém do esperado nas capitais. Para o cientista político Alberto Carlos de Almeida, do Instituto Análise, autor do livro A cabeça do eleitor, o otimismo tem fundamento: o PT deve eleger cerca de 15% dos prefeitos do país, duplicando o número de cidades que administra, embora, como em 2004, predomine o crescimento em pequenos e médios municípios.
Leia mais>>

2 comentários:

José Lopes 23 de junho de 2008 21:55  

Cuidado, pitbulls à solta! Começou o Jornal Nacional!

Com que técnica eles destroem uma notícia, técnica essa digna de Maquiavel, principalmente se a notícia for a favor do governo. Hoje por exemplo, noticiaram que a desigualdade entre os rendimentos dos trabalhadores brasileiros caiu quase 7% entre o quarto trimestre de 2002 e o primeiro de 2008. Porém, conseguem extrair o único lado negativo da questão. A coisa funciona assim: a notícia é 90% favorável ao governo, o JN então, consegue extrair dos 10% restantes todo o lado negativo dimensionando-o para colocar o povo contra o governo. Hoje ao entrevistar uma empregada doméstica desviou da notícia em questão e oportunisticamente passou para o aumento dos preços dos alimentos. Agora imaginem se fosse na era do FHC, como ficariam os trabalhadores com o arrocho salarial peculiar dos governo tucanos?
Em quanto estaria o salário mínimo? O trabalhador pobre nesse país estaria morrendo de fome.
Podemos chegar a seguinte conclusão. Tudo se dá um "jeitinho" quando necessário. A mídia é prova cabal disso. Até quando é preciso reportar algo que contradiz a linha de um veículo - porque afinal é notícia - manobra-se para maquiar a matéria um pouquinho e informar ocultando A verdade desinformando o assunto.

Magno 24 de junho de 2008 14:57  

Jose Lopes, seu comentário é tão importante que iremos claro com sua permissão, publica La

Blog do Zé Dirceu

Blog os amigos de presidente Lula

  © Blogger template 'Perfection' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP